Você já ouviu falar em cemitério ecológico? Cada vez mais, a preocupação com o meio ambiente tem aumentado, chegando em um local onde muita gente não gosta nem de pensar: os cemitérios.

Neste artigo, vamos explicar o conceito de cemitério ecológico e quais são as possibilidades de oferecer o último descanso para o seu ente querido de forma sustentável. Continue a leitura e confira!

Por que pensar em um cemitério ecológico?

O cemitério ecológico é uma novidade que pode soar estranha para muita gente. Afinal, por que pensar em situações sustentáveis para esses locais? Quais são os danos que um sepultamento pode causar para o meio ambiente?

Em primeiro lugar, é preciso lembrar que em um cemitério horizontal, modelo tradicional, o cadáver é colocado em um caixão e enterrado no solo. Além disso, não é só o corpo que fica ali: a urna ainda conta com revestimentos e acessórios em plástico ou metal. Isso sem contar a roupa utilizada no falecido e as próteses dentárias e ósseas que ele possuía.

Todos esses elementos irão entrar em contato com o solo, prejudicando o meio ambiente. O necrochorume, líquido escuro e de forte odor liberado na decomposição do corpo também é um importante fator a se considerar nessa conta.

Viu como é importante procurar alternativas mais ecológicas até mesmo na hora de sepultar seu ente querido? A seguir, confira as opções existentes!

Quais são as alternativas mais corretas ecologicamente?

Atualmente, existem algumas opções de cemitérios ecológicos pelo mundo afora. No Brasil, esses tipos de sepultamento ainda não são tão populares, mas há uma tendência de que se tornem mais conhecidos e procurados.

Então, se você quer se preparar para o futuro, conheça algumas alternativas:

  • Cemitérios verticais: nesse modelo, os caixões são acondicionados em gavetas suspensas, como se fossem “edifícios”. Essas gavetas contam com filtros para neutralizar as substâncias tóxicas provenientes do processo de decomposição. Além disso, o caixão não é enterrado no solo.
  • Cemitérios com urnas biodegradáveis: após a cremação, você pode transformar as cinzas do seu ente querido em adubo para o crescimento de uma árvore. Assim, em cemitérios pensados para esse fim, o verde da natureza predomina.

Escolha o melhor local para o seu ente querido

Seja qual for o tipo de cemitério ou de jazigo, o ideal é que a escolha do local de sepultamento de nossos entes queridos seja feita de forma planejada. Afinal, no momento do luto estaremos fragilizados e os grandes gastos com o funeral podem tornar o transtorno ainda maior.

Então, se você preferir um cemitério ecológico ou um cemitério tradicional, o ideal é contar com um plano de assistência funeral para esse momento. Assim, todas as questões já vão estar resolvidas – e você não terá que se preocupar com elas.

Entre em contato com a Viva Mais Plan para saber mais sobre como nossos serviços podem te ajudar a planejar melhor o amanhã e viver melhor o presente!