Plano funeral: como funciona esse serviço?

Costumamos planejar diversos aspectos de nossas vidas, mas acabamos deixando de lado um ponto muito importante: como ser√° quando um ente querido falecer? Ser√° que saberemos lidar com essa perda e ainda resolver quest√Ķes burocr√°ticas e financeiras? A princ√≠pio, o plano funeral surge como uma op√ß√£o para facilitar o momento e dar mais tranquilidade para aqueles que ficam.

A morte é um tema desagradável, mas é inegável que precisamos nos planejar para quando ela acontecer. Pelo menos em termos práticos, já que existem diversas etapas a serem cumpridas quando precisamos sepultar alguém. Como o próprio nome indica, o plano funeral é uma forma de nos preparar para viver o luto de forma mais digna.

Neste artigo, falaremos sobre como funciona esse tipo de serviço, o que você deve considerar ao contratá-lo e quais são os seus benefícios. Acima de tudo, o plano funerário é uma forma de cuidar da sua família. Continue a leitura e descubra mais.

Entenda como funciona um plano funeral

Conforme falamos no in√≠cio deste artigo, precisamos nos estruturar e nos planejar para lidar com o luto por algum familiar ou amigo. Em outras palavras, no momento da perda, n√£o desejamos pensar em mais nada al√©m da dor, mas infelizmente existem quest√Ķes a resolver.

A certidão de óbito, o transporte do corpo e o sepultamento são apenas alguns desses aspectos. Mas é possível terceirizar todas essas burocracias, ou seja, uma empresa especializada pode dar toda a assistência funeral familiar necessária.

A seguir, confira como funciona um plano funeral, desde a contratação até o acionamento do serviço.

Contratação

Primeiramente, √© preciso ressaltar que o servi√ßo de assist√™ncia funeral √© regulamentado no Brasil desde 2016, pela lei n¬ļ 13.261. Desta forma, a venda de planos funerais √© uma atividade autorizada e segura para os clientes.

Este tipo de servi√ßo funciona como uma esp√©cie de conv√™nio funer√°rio, isto √©, o contratante paga uma pequena mensalidade para a empresa. O valor do plano depender√° de diversos fatores, tais como o n√ļmero de dependentes inclu√≠dos e os tipos de servi√ßos desejados para o sepultamento.

√Č no momento da contrata√ß√£o que voc√™ pode resolver todos os detalhes , como a abrang√™ncia do plano, os respons√°veis pela documenta√ß√£o ou as prefer√™ncias nas cerim√īnias f√ļnebres.

Cobertura

Os tipos de serviços oferecidos pelas empresas de assistência funeral familiar podem variar de acordo com o plano, mas geralmente incluem as seguintes etapas:

  • Aux√≠lio de profissionais especializados para lidar com a documenta√ß√£o necess√°ria;
  • Remo√ß√£o, libera√ß√£o e prepara√ß√£o do corpo;
  • Transporte do corpo (para o local do vel√≥rio e para o cemit√©rio);
  • Loca√ß√£o da sala de vel√≥rio (municipal ou particular);
  • Sepultamento ou crema√ß√£o.

Acionamento

Ap√≥s contratar um plano funeral, quando o √≥bito acontece, basta entrar em contato com a central de atendimento da empresa contratada para receber as orienta√ß√Ķes. O servi√ßo funciona 24h por dia e voc√™ pode acion√°-lo a qualquer momento. O agente funer√°rio respons√°vel ir√° cuidar da documenta√ß√£o e de todos os aspectos relacionados ao vel√≥rio e sepultamento.

Assim, os familiares não têm que se preocupar com detalhes burocráticos em um momento tão delicado de perda e dor. Tudo estará previamente acordado e será executado imediatamente.

Benefícios de contar com um plano funeral

Ao fazer a adesão a um plano funerário, o contratante e toda a sua família ganham mais tranquilidade e acolhimento. Acima de tudo, trata-se de investir em cuidado. Outros benefícios desse tipo de serviço são:

  • N√£o precisar se preocupar com quest√Ķes financeiras referentes ao vel√≥rio, visto que tudo j√° est√° coberto pelo plano;
  • Todas as quest√Ķes f√ļnebres s√£o resolvidas pela empresa, proporcionando um luto mais digno para os familiares que ficam.
  • Atendimento humanizado durante o processo.

Viu só como é essencial contar com um plano funerário para auxiliar sua família no momento do luto?

A Viva Mais Plan oferece o suporte necessário na ocasião do falecimento de um ente querido, evitando o desconforto, a burocracia e os gastos abusivos nesse momento. Entre em contato conosco e descubra como um plano funeral pode ser uma forma de cuidar daqueles que você mais ama!

Como recomeçar depois do luto?

Perder um ente querido é sempre uma situação desafiadora. Quando falamos da morte da pessoa que escolhemos passar o resto da vida, recomeçar depois do luto pode ser ainda mais complicado. Ninguém está preparado para lidar com as perdas, mas é importante tentar encontrar formas de elaborar a nova realidade.

Falar sobre a morte ainda é um tabu, ninguém gosta de pensar no assunto. Mas entender o processo e procurar maneiras de recomeçar depois do luto é fundamental para aqueles que ficam. Neste artigo, preparamos algumas dicas para te ajudar a superar essa fase tão dolorosa. Continue a leitura e confira!

Vivenciar o luto é o primeiro passo

Para muitas pessoas, recome√ßar depois do luto √© a fase mais dif√≠cil depois da perda do c√īnjuge. Por outro lado, elaborar e aceitar a perda √© o maior desafio para outra parcela dos enlutados.

Acima de tudo, √© preciso buscar o equil√≠brio entre o sentimento de saudade e a retomada da vida. N√£o se trata de se manter ocupado para evitar encarar a dor, mas sim de elaborar as emo√ß√Ķes para que elas n√£o te dominem.

N√£o existe um manual de como superar a dor do luto – nem uma cartilha que indica em quanto tempo devemos aprender a lidar com a perda. Cada pessoa vivencia esse processo de uma maneira, √© preciso respeitar o momento e todas as emo√ß√Ķes que o envolvem.

3 dicas para recomeçar depois do luto

Como dissemos, n√£o existem regras relacionadas ao luto ou sobre como superar a morte do marido ou esposa. Mas algumas dicas podem te ajudar a passar por essa fase de forma mais leve, confira!

  1. Tenha uma rede de apoio: podem ser familiares, amigos ou grupos pensados especificamente para pessoas enlutadas. Falar sobre os sentimentos e receber o carinho das pessoas pode ajudar imensamente no processo de luto. Se aproxime de pessoas que já viveram algo parecido, pois a identificação e o acolhimento fazem uma grande diferença. Se tiver filhos, não se esqueça que eles também estão sofrendo pela perda, por isso a união familiar é importante para a superação do luto.
  2. Cuide de si mesmo: n√£o abandone os cuidados com a sua sa√ļde e alimenta√ß√£o, pois os sofrimentos emocionais tamb√©m t√™m consequ√™ncias em nosso corpo f√≠sico. N√£o deixe de nutrir seu corpo e mente.
  3. Busque ajuda profissional: se perceber que não consegue lidar com a nova fase sozinho, não deixe de procurar ajuda. Psicólogos e psiquiatras estão preparados para te mostrar as ferramentas emocionais necessárias para enfrentar o luto.

Conte com a Viva Mais Plan

Neste artigo, falamos sobre como recome√ßar depois do luto, especialmente quando quem faleceu era o seu companheiro de vida. N√£o existe uma √ļnica forma de passar por esse momento, mas o primeiro passo √© sempre entender a nova fase e n√£o ignorar a dor.

A Viva Mais Plan acredita que todos merecem viver um luto digno. Por isso, contamos com planos de assistência funeral que oferecem todo suporte que sua família precisa em um momento tão delicado. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossos serviços!

Cemitério ecológico: o que é e como funciona?

Você já ouviu falar em cemitério ecológico? Cada vez mais, a preocupação com o meio ambiente tem aumentado, chegando em um local onde muita gente não gosta nem de pensar: os cemitérios.

Neste artigo, vamos explicar o conceito de cemit√©rio ecol√≥gico e quais s√£o as possibilidades de oferecer o √ļltimo descanso para o seu ente querido de forma sustent√°vel. Continue a leitura e confira!

Por que pensar em um cemitério ecológico?

O cemit√©rio ecol√≥gico √© uma novidade que pode soar estranha para muita gente. Afinal, por que pensar em situa√ß√Ķes sustent√°veis para esses locais? Quais s√£o os danos que um sepultamento pode causar para o meio ambiente?

Em primeiro lugar, é preciso lembrar que em um cemitério horizontal, modelo tradicional, o cadáver é colocado em um caixão e enterrado no solo. Além disso, não é só o corpo que fica ali: a urna ainda conta com revestimentos e acessórios em plástico ou metal. Isso sem contar a roupa utilizada no falecido e as próteses dentárias e ósseas que ele possuía.

Todos esses elementos irão entrar em contato com o solo, prejudicando o meio ambiente. O necrochorume, líquido escuro e de forte odor liberado na decomposição do corpo também é um importante fator a se considerar nessa conta.

Viu como √© importante procurar alternativas mais ecol√≥gicas at√© mesmo na hora de sepultar seu ente querido? A seguir, confira as op√ß√Ķes existentes!

Quais s√£o as alternativas mais corretas ecologicamente?

Atualmente, existem algumas op√ß√Ķes de cemit√©rios ecol√≥gicos pelo mundo afora. No Brasil, esses tipos de sepultamento ainda n√£o s√£o t√£o populares, mas h√° uma tend√™ncia de que se tornem mais conhecidos e procurados.

Então, se você quer se preparar para o futuro, conheça algumas alternativas:

  • Cemit√©rios verticais: nesse modelo, os caix√Ķes s√£o acondicionados em gavetas suspensas, como se fossem ‚Äúedif√≠cios‚ÄĚ. Essas gavetas contam com filtros para neutralizar as subst√Ęncias t√≥xicas provenientes do processo de decomposi√ß√£o. Al√©m disso, o caix√£o n√£o √© enterrado no solo.
  • Cemit√©rios com urnas biodegrad√°veis: ap√≥s a crema√ß√£o, voc√™ pode transformar as cinzas do seu ente querido em adubo para o crescimento de uma √°rvore. Assim, em cemit√©rios pensados para esse fim, o verde da natureza predomina.

Escolha o melhor local para o seu ente querido

Seja qual for o tipo de cemitério ou de jazigo, o ideal é que a escolha do local de sepultamento de nossos entes queridos seja feita de forma planejada. Afinal, no momento do luto estaremos fragilizados e os grandes gastos com o funeral podem tornar o transtorno ainda maior.

Ent√£o, se voc√™ preferir um cemit√©rio ecol√≥gico ou um cemit√©rio tradicional, o ideal √© contar com um plano de assist√™ncia funeral para esse momento. Assim, todas as quest√Ķes j√° v√£o estar resolvidas – e voc√™ n√£o ter√° que se preocupar com elas.

Entre em contato com a Viva Mais Plan para saber mais sobre como nossos serviços podem te ajudar a planejar melhor o amanhã e viver melhor o presente!

Luto animal: pets também sofrem com as perdas?

Não são apenas os humanos que sofrem com a dor da perda. Cachorros e outros bichinhos de estimação não entendem o conceito de morte, mas certamente sentem o que podemos chamar de luto animal.

Neste artigo, vamos explicar como os pets lidam com a morte de seus tutores ou de outros animais com os quais conviviam. Continue a leitura e entenda mais sobre o que é e como lidar com o luto animal!

O luto animal realmente existe?

Depois de tanto tempo de convivência com os humanos, os animais de estimação acabaram desenvolvendo uma sensibilidade e capacidade de construir laços afetivos. Tudo isso permite afirmar que, de certa forma, o luto animal é real e merece nossa atenção.

√Č claro que o luto √© um conceito humano, cheio de nuances e complexidades cognitivas. No entanto, os pets podem sim se sentir tristes ao notar a falta de seus tutores ou outros animaizinhos.

De acordo com especialistas, um cachorro entende quando o outro morre justamente porque eles desenvolvem uma rela√ß√£o de confian√ßa e ajuda m√ļtua. Quando se veem sozinhos, √© comum que os bichinhos se sintam perdidos, quase como que se questionando ‚Äúo que eu fa√ßo agora?‚ÄĚ.

Como os animais reagem ao luto?

Como dissemos, uma das principais raz√Ķes pelas quais o luto animal acontece √© porque o bichinho continua esperando pelo tutor para continuar com sua rotina. Seja o passeio ou a brincadeira di√°ria, o comportamento do animal √© condicionado.

Por isso, √© natural que a maior rea√ß√£o dos pets √† perda de seu tutor seja a mudan√ßa de comportamento. Algumas dessas altera√ß√Ķes podem ser:

  • Perda ou aumento do apetite;
  • Diminui√ß√£o da intera√ß√£o social, ficando mais quietinho ou ‚Äúamuado‚ÄĚ;
  • Fazer as necessidades no lugar errado;
  • Deixar de brincar;
  • Agita√ß√£o ou ansiedade;
  • Agressividade.

Como ajudar os animais a atravessarem o luto

Afinal, como lidar com o luto de um animal? Assim como para os humanos, aceitar as perdas não é fácil para os bichinhos. Por isso, o primeiro passo é oferecer carinho e amor, mostrando que ele não está sozinho.

Tamb√©m √© preciso ficar atento aos comportamentos do pet. Se depois de dois dias ele n√£o voltar a se alimentar, beber √°gua ou dormir, procure o veterin√°rio para evitar complica√ß√Ķes para a sua sa√ļde.

Tente manter a rotina do seu pet como ela era: os passeios, os banhos, as brincadeiras. Realizar mudanças muito abruptas pode trazer problemas ainda maiores e afetar ainda mais o comportamento do animalzinho.

Assim como para os humanos, o luto animal também tem suas peculiaridades. Cada pet irá reagir às perdas de uma maneira. Enquanto alguns podem levar poucos dias para se recuperar, outros podem sentir a falta do tutor ou companheiro por muito mais tempo. O importante, em todos os casos, é oferecer carinho e cuidar daqueles que ficaram.

A Viva Mais Plan acredita que todos merecem viver um luto digno. Por isso, contamos com planos de assistência funeral que oferecem todo o suporte que sua família precisa em um momento tão delicado. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossos serviços!

Lidando com a dor de perder um irm√£o

A morte de um ente querido é sempre um momento desafiador Рe a dor de perder um irmão é um dos maiores sofrimentos que alguém pode viver. Os laços de uma vida toda são interrompidos, por isso o luto pode ser intenso.

Neste artigo, vamos falar sobre como lidar com a dor de perder um irm√£o e elaborar o luto de forma saud√°vel. √Č certo que esta √© uma situa√ß√£o desafiadora, mas que pode se tornar menos traum√°tica. Continue a leitura e confira nossas dicas!

O que a perda de um irm√£o significa

Como dissemos e como voc√™ deve imaginar, a dor de perder um irm√£o √© uma das situa√ß√Ķes mais desafiadoras e dif√≠ceis que algu√©m pode passar. Independentemente da idade, do tipo de rela√ß√£o que foi constru√≠da ou de como a morte ocorreu, o luto se far√° presente de forma intensa.

Afinal, irm√£os s√£o testemunhas de uma mesma hist√≥ria familiar. Ainda que voc√™s n√£o tenham mais uma rela√ß√£o t√£o pr√≥xima, certamente compartilharam momentos na inf√Ęncia. Por isso, quando falamos da perda de um irm√£o, entendemos que parte desse ‚Äúpatrim√īnio‚ÄĚ se foi junto com ele.

Nesse momento, √© comum que o medo da morte tamb√©m apare√ßa, principalmente se o falecimento ocorreu em raz√£o de alguma doen√ßa. Compartilhando a mesma heran√ßa gen√©tica, voc√™ pode sentir medo de desenvolver a mesma condi√ß√£o. Isso √© normal, mas √© preciso aprender a lidar com essas emo√ß√Ķes e pensamentos.

Como elaborar a dor de perder um irm√£o?

Cada pessoa ir√° lidar com o luto pelo irm√£o de uma forma. N√£o existe uma √ļnica forma de elaborar a perda e superar essa fase. No entanto, algumas dicas podem ajudar a tornar esse processo menos doloroso. Confira a seguir!

  • N√£o deixe que a culpa torne o luto ainda mais complicado. A rela√ß√£o entre irm√£os costuma ser ‚Äúentre tapas e beijos‚ÄĚ e os momentos dif√≠ceis n√£o anulam o amor e a cumplicidade.
  • Evite se culpar por ter sobrevivido, compreendendo que n√£o temos controle sobre a vida e a morte, como gostar√≠amos de ter. Aproveite a vida por voc√™ e pelo seu irm√£o que se foi – e compreenda o valor dos bons momentos.
  • Se voc√™ estiver se sentindo ‚Äúesquecido‚ÄĚ por seus pais, que est√£o enlutados e envolvidos em uma dor intensa, converse com eles. Exponha seus sentimentos, demonstre que tamb√©m precisa de apoio, tanto quanto eles.
  • Respeite seu tempo e espa√ßo, evitando medir e comparar as dores. Cada processo de luto √© √ļnico e deve ser vivido de forma particular. Se necess√°rio, busque ajuda para aprender a lidar com essa dor.

Neste artigo, falamos sobre como lidar com a dor de perder um irm√£o. Sem d√ļvidas, esse √© um momento muito delicado na vida de qualquer pessoa, por isso √© importante saber como elaborar o luto.

A Viva Mais Plan acredita que todos merecem viver um luto digno. Por isso, contamos com planos de assistência funeral que oferecem todo o suporte que sua família precisa nesse momento tão delicado. Entre em contato conosco para saber mais!

O que fazer com as cinzas da cremação: 5 dicas

Quando um ente querido falece, al√©m de lidar com a dor do luto, temos que tomar uma s√©rie de decis√Ķes relacionadas ao seu funeral. Ainda, precisamos decidir se iremos sepultar ou cremar o corpo – e o que fazer com as cinzas da crema√ß√£o.

Sabemos que este √© um momento doloroso para todos, por isso trouxemos 5 dicas sobre o que fazer com as cinzas da crema√ß√£o de seu ente querido. Afinal, as homenagens que voc√™ decide prestar diz muito sobre o falecido e a rela√ß√£o que voc√™s constru√≠ram. Continue a leitura e confira mais informa√ß√Ķes sobre o assunto!

Por que optar pela cremação?

Como dissemos, decidir o que fazer com as cinzas da cremação é uma forma de prestar homenagens àquele que partiu. Porém, muitas pessoas não sabem como funciona o processo e quais são os seus benefícios.

Por isso, antes de revelar nossas dicas sobre onde depositar cinzas humanas, vamos enumerar algumas vantagens desse tipo de despedida. Confira!

  • Processo sustent√°vel, uma vez que n√£o libera necrochorume ou outras subst√Ęncias t√≥xicas. A fuma√ßa da crema√ß√£o n√£o possui odores nem poluentes.
  • Procedimento mais pr√°tico, j√° que a fam√≠lia n√£o tem que passar pelo transtorno de procurar vagas em cemit√©rios.
  • N√£o ser√° necess√°rio exumar o corpo anos ap√≥s o falecimento, evitando preju√≠zos financeiros e desgastes emocionais para a fam√≠lia.
  • Dependendo do que a fam√≠lia escolher fazer com as cinzas, o acesso √© muito mais f√°cil do que quando o corpo √© sepultado.

5 dicas sobre o que fazer com as cinzas da cremação

Como vamos mostrar a seguir, existem diversas maneiras de honrar a mem√≥ria daqueles que se foram, principalmente quando falamos sobre as cinzas de sua crema√ß√£o. O processo em si j√° possui um forte significado espiritual para muitas pessoas, afinal, ‚Äúdo p√≥ viestes, ao p√≥ voltar√°s‚ÄĚ.

Assim, enquanto algumas fam√≠lias preferem deixar a urna em um local pr√≥prio do cemit√©rio, outras planejam um ritual para jogar cinzas em um local especial. Confira, a seguir, nossas sugest√Ķes para esse momento t√£o importante:

  1. Guardar em um local sagrado ou no cinerário, espaço do cemitério reservado para acomodar as urnas com as cinzas de cremação.
  2. Transformar as cinzas em √°rvores, utilizando urnas biodegrad√°veis que transformam os restos mortais em adubo para o crescimento da planta.
  3. Espalhar as cinzas no mar ou em um lago, em um gesto clássico. Se a pessoa falecida gostava desses locais, aspergir as cinzas pode ter um significado poético.
  4. Transformar em uma joia, criando um diamante ou cristal com as cinzas daquele que se foi.
  5. Criar uma obra de arte, usando as cinzas como matéria-prima.

Viu quantas possibilidades existem sobre o que fazer com as cinzas da crema√ß√£o? O que vai ditar a sua escolha √© a forma como voc√™ deseja homenagear seu ente querido e as suas condi√ß√Ķes financeiras, √© claro.

Nesse sentido, se planejar para o luto se revela ainda mais importante do que você pode imaginar. Por isso, a Viva Mais Plan conta com planos de assistência funeral que oferecem todo o suporte que sua família precisa em um momento tão delicado. Entre em contato conosco para saber mais!

Fal√™ncia m√ļltipla de √≥rg√£os: o que √© e como acontece?

Cuidar da sa√ļde e do bem-estar daqueles que amamos √© sempre muito importante. Assim, saberemos quando algo n√£o vai bem e quando devemos procurar ajuda m√©dica. √Č o caso da fal√™ncia m√ļltipla de √≥rg√£os, uma condi√ß√£o grave que normalmente tem origem em uma infec√ß√£o generalizada.

Neste artigo, vamos explicar como acontece a fal√™ncia m√ļltipla de √≥rg√£os e quais s√£o as suas principais causas. Ent√£o, leia o artigo e entenda mais sobre esse assunto t√£o importante para sua sa√ļde!

O que √© a fal√™ncia m√ļltipla de √≥rg√£os?

A fal√™ncia m√ļltipla de √≥rg√£os √© uma condi√ß√£o em que dois ou mais √≥rg√£os t√™m suas fun√ß√Ķes comprometidas. Por isso, nessa situa√ß√£o, √© necess√°rio realizar interven√ß√Ķes m√©dicas, para manter o equil√≠brio do organismo.

No Brasil, cerca de 25% dos pacientes internados em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) apresentam essa condi√ß√£o. Al√©m disso, de acordo com o Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), quanto maior o n√ļmero de √≥rg√£os comprometidos, maior a chance de morte.

O que causa a fal√™ncia m√ļltipla de √≥rg√£os?

Em geral, os casos de m√ļltipla fal√™ncia dos √≥rg√£os s√£o causados por:

  • Sepse, septicemia ou infec√ß√£o generalizada;
  • Traumas;
  • Queimaduras;
  • Pancreatite;
  • S√≠ndromes de aspira√ß√£o;
  • Doen√ßas autoimunes;
  • Ecl√Ęmpsia;
  • Envenenamento.

A principal causa dessa fal√™ncia m√ļltipla, por√©m, √© a sepse. Por sua vez, a sepse √© uma resposta inflamat√≥ria do organismo a uma infec√ß√£o. Essa infec√ß√£o pode ser causada por bact√©rias, fungos, v√≠rus ou protozo√°rios.

Quando ocorre uma infecção no organismo, o sistema imunológico é rapidamente acionado, para evitar que ela se espalhe. Se essa inflamação se espalha, o organismo prepara uma resposta sistêmica, mas isso pode trazer graves consequências para o equilíbrio do corpo.

Nesse caso, a pressão sanguínea cai de forma exagerada, reduzindo a oxigenação dos órgãos e comprometendo o seu funcionamento.

Quais s√£o os sintomas e tratamentos para sepse?

Depois de entender o que √© fal√™ncia m√ļltipla dos √≥rg√£os, √© preciso entender como ela se manifesta. Conforme dissemos, a sepse surge quando h√° infec√ß√£o em alguma parte do corpo. Dessa forma, os principais sintomas dessa condi√ß√£o s√£o:

  • Febre alta;
  • Diarreias;
  • Tremores;
  • Calafrios;
  • N√°useas;
  • Redu√ß√£o da produ√ß√£o de urina;
  • Queda da press√£o sangu√≠nea;
  • Aumento da contagem de leuc√≥citos e redu√ß√£o do n√ļmero de plaquetas, nos exames de sangue.

Acima de tudo, o diagnóstico precoce é a melhor forma de garantir a eficácia do tratamento contra a sepse e a possível falência dos órgãos. Além disso, o uso de antibióticos é muito efetivo, porque controla a resposta inflamatória e estabiliza o quadro.

Assim, a melhor forma de prevenir esse problema √© evitar infec√ß√Ķes graves. N√£o existe vacina contra a sepse, mas alguns √© poss√≠vel combater alguns agentes infecciosos como os pneumococos com a vacina√ß√£o.

Al√©m disso, manter uma vida saud√°vel, com alimenta√ß√£o equilibrada e pr√°tica de exerc√≠cios f√≠sicos ajuda a fortalecer a imunidade do corpo. Assim, as chances de ocorrer a fal√™ncia m√ļltipla de √≥rg√£os √© bastante reduzida.

A Viva Mais Plan acredita que planejar o amanhã é viver melhor o presente. Por isso, contamos com planos de assistência funeral e benefícios exclusivos para você cuidar da sua família. Então, entre em contato conosco para saber mais sobre nossos serviços!

Urna mortu√°ria: como escolher o caix√£o para seu ente querido

A maioria das pessoas nunca sequer pensou em comprar uma urna mortuária ou caixão para o dia de seu funeral. A morte ainda é um tema cheio de tabus, por isso não costumamos nos preparar para ela Рmas isso pode custar caro, literalmente.

Contar com um servi√ßo de assist√™ncia funeral e deixar tudo previamente decidido, inclusive a urna mortu√°ria, pode fazer a diferen√ßa. Assim, no momento do falecimento de um ente querido, voc√™ n√£o ter√° que se preocupar com quest√Ķes burocr√°ticas e financeiras.

Neste artigo, vamos falar sobre como a escolha da urna mortuária é importante e listar os motivos para tomar essa decisão com antecedência. Continue a leitura e confira!

O que é urna mortuária?

Afinal, o que √© urna funer√°ria ou mortu√°ria? Voc√™ provavelmente j√° sabe! Tamb√©m conhecido como caix√£o, esquife ou ata√ļde, √© o local onde os restos mortais de uma pessoa s√£o acomodados. Feita de material resistente e forrado com tecidos absorventes, √© essa caixa que cont√©m o corpo durante o vel√≥rio e o sepultamento.

O que muita gente não sabe é que, para o ritual de cremação, também é necessário ter um caixão. A urna será cremada junto com o corpo, mas deve ter seus acessórios de metal retirados, para evitar problemas com o incinerador.

Como escolher um caixão e por que fazer isso com antecedência?

Atualmente, existem diversos modelos de urnas funerárias, de acordo com as preferências e necessidades de cada família. O material mais visto é o de madeira, geralmente em sua cor natural, mas existem outras possibilidades. Confira alguns a seguir:

  • Madeiras nobres, como cerejeira ou mogno
  • Madeiras comuns, como pinus ou MDF;
  • Alum√≠nio ou a√ßo inox;
  • Com acabamento em ouro ou outros metais nobres;
  • Com acabamento em pl√°stico revestido de dourado;
  • Coloridos (branco, preto, cinza ou outras cores);

Conforme voc√™ pode ter percebido, existem in√ļmeras possibilidades para o caix√£o para o seu ente querido. Realizar essa escolha em um momento de fragilidade pode ser ainda mais complicado, j√° que nossa cabe√ßa e cora√ß√£o est√£o vivendo o luto.

Ainda, há que se considerar o custo financeiro de se comprar um caixão no momento do falecimento. Os preços são tão diversos quanto os modelos, mas podem variar de R$600 a R$20.000, dependendo das exigências da família.

Por isso, se planejar para adquirir uma urna funerária com antecedência é fundamental Рe não há nada de mórbido nessa escolha.

Conte com a Viva Mais Plan

Como dissemos, planejar as decis√Ķes relacionadas ao funeral e ao sepultamento √© de grande import√Ęncia. Escolher a urna mortu√°ria dos membros de sua fam√≠lia com anteced√™ncia pode poupar grandes gastos e transtornos no momento do luto.

Se voc√™ quer se organizar para viver um luto digno, sem maiores preocupa√ß√Ķes, conte com os planos de assist√™ncia da Viva Mais Plan. Assim, voc√™ tem todo o suporte necess√°rio em um momento t√£o delicado. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossos servi√ßos!

Como lidar com a morte e a dor da perda?

A perda de um ente querido é sempre um desafio, um momento cheio de tristeza e questionamentos. Todo esse pesar se torna ainda mais intenso porque não fomos ensinados sobre como lidar com a morte ou como aceitá-la como parte natural da vida.

Falar de morte não é algo comum, esse é um assunto repleto de tabus que muita gente evita até mesmo pensar. Mas entender como lidar com a morte é fundamental para o nosso bem-estar, para que possamos seguir em frente mesmo quando perdemos alguém que amamos.

Neste artigo, vamos mostrar que descobrir como lidar com a morte é importante não somente para o luto, mas também para nos ajudar a viver melhor. Continue a leitura e saiba mais sobre esse assunto tão delicado.

Entendendo a morte e o luto

Em nossa cultura, n√£o somos ensinados sobre como lidar com a morte de um ente querido – nem com as perdas de um modo geral. Quando falamos de vida, lembramos sempre dos sonhos e projetos, nunca da finitude ou das perdas.

Mesmo sabendo que tudo que nasce um dia ir√° morrer, dificilmente algu√©m estar√° preparado para aceitar a morte de forma imediata. Por isso, pensar e falar sobre o luto e as perdas √© de fundamental import√Ęncia.

Não se trata de deixar de sentir tristeza ou pesar quando alguém falece, mas sim de vivenciar o processo de luto de forma mais tranquila. Os sentimentos de raiva, negação e culpa ainda podem surgir, mas seremos capazes de compreender que eles são naturais e que vão passar.

Como lidar com a morte?

Não há como prever como iremos reagir diante da morte de um ente querido Рtampouco existe um manual sobre como lidar com a perda. Cada pessoa vivencia o luto de uma forma, de acordo com as suas vivências, suas estratégias de enfrentamento e a relação construída com aquele que faleceu.

Mas existem algumas atitudes que podem amenizar o sofrimento e ajudar a atravessar essa fase. Confira algumas dicas sobre como lidar com a morte:

  • Aceite que a morte faz parte do ciclo da vida, independente da classe social, etnia, atributos f√≠sicos ou qualquer outra quest√£o.
  • Vivencie o luto, sem fingir que a perda n√£o aconteceu ou que voc√™ precisa ser forte e superar o mais r√°pido poss√≠vel. Se permita ficar triste ou sentir raiva, pois reprimir essas emo√ß√Ķes pode causar doen√ßas f√≠sicas e mentais posteriormente.
  • Busque estrat√©gias de enfrentamento, contando com apoio familiar, de amigos ou profissionais. N√£o sofra sozinho, dor compartilhada √© dor diminu√≠da.

Da mesma maneira que temos que nos adaptar quando a vida come√ßa, com o nascimento de uma crian√ßa, temos que reaprender a seguir quando a vida termina. Assim, uma das principais dicas sobre como lidar com a morte √©, de fato, entender as li√ß√Ķes que a vida daquela pessoa nos trouxe. Aproveite o luto para amadurecer e se tornar algu√©m melhor.

A Viva Mais Plan acredita que todos merecem viver um luto digno. Por isso, contamos com planos de assistência funeral que oferecem todo o apoio que sua família precisa nesse momento. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossos serviços!

Anivers√°rio de quem j√° morreu: por que e como celebrar?

Nos despedir de alguém que amamos nunca é uma tarefa fácil e, mesmo depois de algum tempo, o luto e a saudade ainda se fazem presentes. No primeiro ano, principalmente na data do aniversário de quem já morreu, podemos ter ainda mais dificuldade para lidar com a tristeza causada pela ausência.

Afinal, em um aniversário nós celebramos a vida Рentão o que fazer no aniversário de quem já morreu? Parece não haver motivo para felicidade, mas neste artigo vamos te mostrar que sim, existe! Continue a leitura e confira porque celebrar a data e como fazer isso!

Por que celebrar o anivers√°rio de quem j√° morreu?

Pode parecer contraditório, mas celebrar o aniversário de quem morreu é importante e, muitas vezes, necessário. Essa é uma oportunidade de honrar a vida daquele que se foi e recordar os bons momentos vividos.

Não se trata de reviver a dor da perda, mas sim de celebrar o tempo em que foi possível compartilhar experiência com a pessoa que se foi. Prestar essa homenagem póstuma pode ajudar inclusive no processo de elaboração do luto, promovendo a aceitação e a superação.

Além disso, por relembrar os ensinamentos deixados pela pessoa, a celebração do aniversário de falecido fortalece os laços afetivos daqueles que ficaram. Familiares e amigos se unem para tornar essa data ainda mais inesquecível.

Ideias de homenagens póstumas na data de aniversário

Antes de qualquer coisa, √© preciso deixar claro que n√£o existe um √ļnico jeito de viver essa data t√£o √ļnica. H√° quem prefira se isolar, principalmente na primeira vez, enquanto outros gostam de se cercar de pessoas queridas.

Com isso em mente, confira nossas dicas para celebrar o anivers√°rio daquele que se foi.

  • Fa√ßa uma visita ao t√ļmulo: levar flores, bal√Ķes ou presentes feitos pelas crian√ßas √© uma √≥tima forma de prestar essa homenagem. V√° sozinho ou com a fam√≠lia, da maneira que se sentir mais confort√°vel.
  • Escreva uma mensagem de anivers√°rio para quem j√° morreu, seja para guardar para si, seja para postar nas redes sociais. Relembrar os bons momentos e a import√Ęncia da pessoa que se foi √© importante para que o luto n√£o seja marcado apenas pela tristeza profunda.
  • Fa√ßa um jantar de anivers√°rio, em um restaurante ou em casa. Re√ļna-se com pessoas queridas e aproveite o momento para falar de coisas boas sobre aquele que se foi. Tenha um bolo para partilhar doces momentos.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas de como celebrar o anivers√°rio de quem j√° morreu. N√£o existe certo ou errado, mas reviver essa data e recordar os bons momentos pode tornar o luto menos doloroso para os familiares e amigos.

A Viva Mais Plan acredita que todos merecem viver um luto digno. Por isso, contamos com planos de assistência funeral que oferecem todo o suporte que sua família precisa em um momento tão delicado. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossos serviços!